Ariquemes AGORA
Notícias

Leia as principais notícias de Rondônia

BRASÍLIA-DF/Março: mês de intenso trabalho

Por Assessoria, 06/04/2010 13h31 atualizada às 31/12/1969 21h00
Sen. Acir Gurgacz (PDT) (Foto: Assessoria)
Sen. Acir Gurgacz (PDT) - Foto: Assessoria

Março foi de muito trabalho para o senador Acir Gurgacz (PDT-RO). Durante todo o mês, o parlamentar participou de reuniões com lideranças de Rondônia e autoridades em seu gabinete em Brasília. O senador acompanhou a ministra Dilma Rouseff em inaugurações em Humaitá e no lançamento do PAC 2, e solicitou em pronunciamentos melhorias para o Brasil e Rondônia.

Na visita à cidade de Humaitá, o senador Acir Gurgacz inaugurou junto com os ministros Alfredo Nascimento (Transportes) e Dilma Rousseff (Casa civil), o Terminal Hidroviário de passageiros de Humaitá, cidade banhada pelo rio Madeira, e o trecho da BR-319 que liga Humaitá a Porto Velho.

Durante a visita, Acir declarou que “viu o futuro chegar a uma região encravada no meio da floresta amazônica. Um futuro que chega de forma sustentada, de forma consciente, conseguindo reunir respeito ao meio ambiente e modernidade”.

O senador pedetista apresentou também, em março, a Proposta de Emenda à Constituição Nº 3, de 2010, que prevê a criação de um percentual mínimo para aplicação de recursos federais em programas de infraestrutura de transportes, assim como já existe para os setores de saúde e educação.

De acordo com o parlamentar, este percentual seria um mínimo de 0,5% do Produto Interno Bruto, para que seja possível garantir os recursos previstos pelo Plano Nacional de Logística, que calcula serem necessários para o setor, na ordem de R$ 290 bilhões, até 2023.

Em união com a bancada federal de Rondônia, foi garantida a agilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) N° 486, a PEC da Transposição, de autoria da senadora Fátima Cleide. Durante a reunião com o secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva Ferreira foi afirmado que "a comissão interministerial produzirá, no prazo de 20 dias, um relatório com as ações do governo federal", declarou Duvanier Paiva.

BR-364

No dia 18 de março, o senador Acir Gurgacz participou, junto com o prefeito de Ji-Paraná, José Bianco (DEM), de reunião com Miguel de Souza, diretor do Departamento de Planejamento e Pesquisa do DNIT. No encontro foi apresentado o projeto de duplicação da BR-364 no trecho de Ji-Paraná e a construção do viaduto que ligará o centro da cidade à rodovia.

O senador Acir acredita que “a construção da rodovia oferecerá mais conforto e segurança para quem vive e passa pelo município”. Já o prefeito José Bianco afirma que as obras causarão alterações positivas e profundas em Ji-Paraná. “A duplicação e a construção das marginais mudarão a forma das pessoas verem a cidade”, considera.

O DNIT prevê que a reconstrução da BR-364 no Estado deverá custar R$ 600 milhões. Para duplicação do trecho de Ji-Paraná, o valor da obra está orçado em R$ 70 milhões, sendo que cerca de R$ 33,5 milhões estão assegurados no Orçamento Geral da União de 2010, na emenda de bancada sob coordenação do senador Acir Gurgacz. A reconstrução da rodovia está prevista para o segundo semestre desse ano, após licitação.

Rondônia

O senador Acir Gurgacz conseguiu, junto à Suframa, recursos na ordem de R$ 140 mil para serem aplicados no setor agrícola do município de Rio Crespo. Ao tomar conhecimento dos recursos, a prefeita Ediane Moreira adiantou que todo o dinheiro será direcionado para a aquisição de mais um trator e implementos agrícolas.

Ainda no Estado, o parlamentar foi homenageado com o título honorífico de cidadão guajaramirense, concedido pela Câmara de Vereadores de Guajará-Mirim. O título foi proposto pelo ex-vereador Rodrigo Mello, presidente local do PDT, ainda na legislatura passada, com o apoio de todos os vereadores da atual legislatura.

Na solenidade, o senador Acir Gurgacz agradeceu as homenagens e o carinho do povo de Guajará Mirim. “A mesma cidade que me dá a honra de receber um título que me confere o direito de me considerar seu filho, é a cidade que não vê a hora de se tornar uma importante ligação do Brasil com o Oceano Pacífico”, destacou o senador.