Ariquemes AGORA
Notícias

Leia as principais notícias de Rondônia

Adolescente suspeito de atear fogo em carros oficiais de RO é apreendido em Ariquemes

Por Por Rinaldo Moreira, G1 Ariquemes e Vale do Jamari, 08/01/2019 23h39

Aos leitores, ler com atenção!
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Um adolescente, de 14 anos, foi apreendido e confessou participação no crime, segundo a PM (Foto: Arquivo pessoal/Jefferson Sanchez)
Um adolescente, de 14 anos, foi apreendido e confessou participação no crime, segundo a PM - Foto: Arquivo pessoal/Jefferson Sanchez

Adolescente suspeito de atear fogo em carros oficiais de RO é apreendido em Ariquemes
Ele foi encontrado pela PM na tarde desta terça-feira (8). Ataques aconteceram no último domingo (6).

Um adolescente, de 14 anos, foi apreendido pela Polícia Militar (PM) na tarde desta terça-feira (8), em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. Ele é suspeito de ter participado dos ataques na região durante a madrugada do último domingo (6). Segundo a PM, o jovem teria confessado participação no crime. Junto com o rapaz, outros dois homens, ambos de 19 anos, foram detidos por tráfico de drogas.

De acordo com as investigações, suspeitos teriam ateado fogo em dois carros oficiais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema), além de um ônibus escolar. 

Conforme a polícia, os ataques ocorreram em dois pontos da cidade. O primeiro foi no prédio da Sema. Já o segundo ao lado de um posto de combustível na Avenida Jaru, em uma garagem de uma empresa de ônibus de transporte escolar.

A Polícia Civil descartou qualquer ligação com a onda de violência no Ceará, que chegou ao 7º dia nesta terça. Além do adolescente, dois jovens foram presos no mesmo dia por tráfico de drogas. Um deles é foragido da Justiça.

De acordo com a dinâmica descrita pela PM no boletim de ocorrência, o primeiro a ser capturado foi o foragido da Justiça.

Já abordado, o rapaz indicou uma casa onde que funcionava como ponto de venda de drogas. Com a presença policial, o adolescente tentou fugir pulando a janela da residência, mas foi apreendido. Ele confessou ter participado dos ataques.

À caminho da delegacia, os três disseram aos policiais que são membros de grupos que agem de dentro de presídios. O adolescente contou também que conseguiu a gasolina em um posto próximo da Sema, alvo dos ataques, para cometer o crime.

Relembre o caso
Segundo a Polícia Militar (PM), suspeitos invadiram as garagens da sede da Sema e dos ônibus escolares e atearam fogo rapidamente nos veículos. Até então ninguém tinha sido preso.

Na Sema, um vigia de plantão viu os veículos em chamas e acionou a polícia. O Corpo de Bombeiros foi acionado, realizou o combate das chamas e impediu que se espalhasse para os demais automóveis.

Na outra garagem, localizada ao lado de um posto de combustível, na Avenida Jaru, onde os policiais usaram extintores do posto de combustível para controlar o fogo.

 

Internas - Acima (Medium Rectangle) - Tamanho: 300x250
João Luiz de Jesus e Rosa Bettero - SRTE/RO-1194

CALOURADA Open Bar no Maximus Eventos