Ariquemes AGORA
Notícias

Leia as principais notícias de Rondônia

Acusado de matar empresário durante assalto é condenado a 23 anos de prisão em Ariquemes

Por Por G1 Ariquemes e Vale do Jamari, 08/10/2018 19h41

Aos leitores, ler com atenção!
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Decisão da 1ª Vara Criminal de Ariquemes condenou Jeferson do Santos a 23 anos de prisão pelo latrocínio (Foto: Diêgo Holanda/G1)
Decisão da 1ª Vara Criminal de Ariquemes condenou Jeferson do Santos a 23 anos de prisão pelo latrocínio - Foto: Diêgo Holanda/G1

Acusado de matar empresário durante assalto é condenado a 23 anos de prisão em Ariquemes, RO
Jeferson do Santos, de 24 anos, chegou a ficar foragido por três anos e foi preso em abril de 2018, em Vila Velha (ES). Vítima de 36 anos foi morta com tiro na cabeça após reagir ao roubo.

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) condenou a 23 anos de prisão Jeferson dos Santos Souza, de 24 anos por assassinar um empresário de 36 anos durante um assalto em um bar localizado na Avenida Candeias, no Setor Jardim Paulista, em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari.

O crime aconteceu em julho de 2015 e a vítima foi atingida com um tiro na cabeça após reagir a ação criminosa. Um outro cliente do bar chegou a ser baleado no pé esquerdo, mas a Justiça absolveu o réu pelas lesões causadas na vítima.

O inquérito da Polícia Civil de Ariquemes sobre o latrocínio foi concluído em novembro de 2015, mas Jeferson só foi preso em abril deste ano em Vila Velha (ES), após uma operação da Superintendência de Polícia Interestadual e de Capturas (SPIC) da Polícia Civil local.

Jeferson dos Santos foi preso em Vila Velha (ES), em abril de 2018, após uma operação da Polícia Civil (Foto: Polícia Civil/ Divulgação)
Jeferson dos Santos foi preso em Vila Velha (ES), em abril de 2018, após uma operação da Polícia Civil (Foto: Polícia Civil/ Divulgação)

A decisão é do último dia 2 de outubro, do juiz Alex Balmant, da 1ª Vara Criminal do município. O magistrado fixou a pena-base em 25 anos de prisão e 30 dias-multa, mas por ser réu confesso, a pena foi reduzida para 23 anos de reclusão em regime fechado e 10 dias-multa.

No inquérito, a Polícia Civil do município apurou que um adolescente de 17 anos teve participação no latrocínio e chegou a ser apreendido. O réu foi indiciado por corrupção de menor, mas durante a audiência, o juiz o absolveu pelo crime imputado.

Jeferson dos Santos foi transferido para o Centro de Ressocialização de Ariquemes, onde esteve preso durante o andamento do processo. O juiz ainda negou o direito do réu recorrer em liberdade.

A Defensoria Pública do Estado de Rondônia (DPE-RO) foi quem fez a defesa de Jeferson dos Santos Souza e poderá recorrer da sentença.

Latrocínio

Conforme a Polícia Militar (PM) o crime aconteceu na noite de 19 de julho. O empresário estava dentro do estabelecimento quando Jeferson e o adolescente chegaram local, com outros dois homens no carro. A dupla foi em direção ao bar e ordenaram que todos entregassem carteiras e celulares.

A vítima reagiu ao roubo e empurrou Jeferson, que reagiu a ação e efetuou vários disparos, sendo que um dos tiros atingiu a cabeça do homem, que morreu no local. Os suspeitos fugiram e não levaram nada.

A polícia consegui solucionar o caso após uma equipe encontrar o veículo utilizado na ação criminosa.O carro, que seria de propriedade do pai do adolescente estava na zona rural do município e, após ser localizado, chegaram até as quatro pessoas que estavam no automóvel.

Segundo a Polícia, o adolescente e os outros dois homens que não tiveram participação no crime estavam em um torneio de futebol na zona rural. Eles foram até a cidade para ingerir bebidas alcoólicas e encontraram Jeferson, que os convidou para irem ao local do crime.

 

 

Internas - Acima (Medium Rectangle) - Tamanho: 300x250
Guilherme Azevedo

Boate V8 com Ladies First “PRIMEIRO AS DAMAS” e Billiards