Ariquemes AGORA
Notícias

Leia as principais notícias de Rondônia

Follador quer solução rápida para servidores do DETRAN

Por Ascom, 08/08/2018 17h23
AUTOR DA LEI DO AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO, O DEPUTADO É CONTRA COBRANÇA RETROATIVA (Foto: Assessoria)
AUTOR DA LEI DO AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO, O DEPUTADO É CONTRA COBRANÇA RETROATIVA - Foto: Assessoria

O deputado Adelino Follador (DEM) rechaçou nesta quarta-feira (8) a decisão da Diretora Administrativa do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), que notificou os cerca de 130 servidores cedidos ao órgão, da cobrança retroativa dos benefícios do ticket alimentação e laboral, cuja licitude foi confirmada pela Assembleia Legislativa, por meio de projeto de sua autoria.

   O deputado, que durante todo seu mandato foi o principal defensor dos servidores da autarquia, disse que recebeu em seu Gabinete um grupo servidores do órgão informando de uma reunião ocorrida na Diretoria Administrativa do Detran com um deputado, após o que foi anunciada a cobrança retroativa dos valores recebidos por eles antes da aprovação da lei, mas que haveria um esforço do deputado contra esta medida, que estaria sendo determinada pelo Ministério Público Estadual (MPE).

   Para Follador, o que não é concebível é prejudicar o servidor por um erro cometido pelo órgão. “A lei que conseguimos aprovar assegura o benefício a todos os servidores”, disse o deputado, destacando o bom senso para a solução do problema gerado no interstício de tempo – período entre o início dos pagamentos sem previsão legal até o início da vigência da lei. Ele disse que tanto a Procuradoria do Detran quanto a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) estão envolvidas com esta situação para encontrar uma saída adequada e legal, e que, de preferência, não prejudique os cerca de 130 servidores cedidos ao órgão.

   Evitando a exposição, mas revoltados com a situação, os servidores informaram que após a reunião com o deputado, a Diretoria do Detran convocou e notificou todos os servidores para o ressarcimento retroativo dos valores, em 15 dias, período em que o deputado prometeu ir ao MP para discutir uma solução e resolver a situação dos trabalhadores cedidos do Detran.

   Os servidores destacaram, que só procuraram o deputado Adelino Follador pelo apoio e segurança que sempre deu aos servidores do Detran, e que por isso recorreram mais uma vez a ele com esse objetivo. “Não vamos aceitar essa humilhação, e vamos lutar pelo cumprimento da lei”, disse um dos membros do sindicato da categoria. Follador, por sua vez, disse que toda ajuda é bem vinda, se for com o objetivo de resolver a situação.

Fonte: Ascom.
 

Internas - Acima (Medium Rectangle) - Tamanho: 300x250
Rosa Bettero

PODERosa Quem Ama, Cuida – Chá Beneficente