Ariquemes AGORA
Notícias

Leia as principais notícias de Rondônia

Vigia de posto de gasolina é morto durante o trabalho

Por Por G1 Vilhena e Cone Sul, 02/07/2018 19h38

Aos leitores, ler com atenção!
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Imagens de câmera de segurança mostram o crime (Foto: Reprodução)
Imagens de câmera de segurança mostram o crime - Foto: Reprodução

Vigia de posto de gasolina é morto durante o trabalho em Vilhena; VÍDEO
Imagens de câmera de segurança mostram que o atirador chegou em uma motocicleta, estacionou o veículo, caminhou até a vítima e atirou várias vezes. Polícia Civil investiga o caso.

O vigia Edson Antônio Pereira de Souza, de 42 anos, foi morto a tiros no posto de gasolina onde trabalhava, na Avenida Major Amarante, Centro de Vilhena (RO), na região do Cone Sul. O caso foi registrado na noite de domingo (1º). Imagens de uma câmera de segurança mostram que o atirador chegou em uma motocicleta, estacionou o veículo, caminhou até a vítima e atirou várias vezes.

Uma testemunha, de 19 anos, contou à Polícia Militar (PM) que estava sentado ao lado da vítima, usando a internet wi-fi, quando o suspeito desembarcou da moto e atirou contra Edson, que caiu da cadeira onde estava sentado. O rapaz não ficou ferido (assista abaixo).

https://g1.globo.com/ro/vilhena-e-cone-sul/noticia/vigia-de-posto-de-gasolina-e-morto-durante-o-trabalho-em-vilhena.ghtml

Após o crime, o atirador fugiu e ainda não foi encontrado. Edson foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas chegou ao Hospital Regional sem vida.

As imagens das câmeras de segurança confirmaram a versão da testemunha. Familiares contaram ao G1 que a vítima trabalhava como vigia no posto de gasolina e também em outros comércios vizinhos. Eles disseram que não sabem o que pode ter motivado o homicídio.

O velório de Edson está previsto para começar às 14h desta segunda-feira (2), na residência onde morava, na Rua Santa Terezinha, número 12, Bairro São José. A Polícia Civil investiga o caso, mas o autor do crime ainda não foi identificado.

Vigia de posto de gasolina é morto durante o trabalho