Ariquemes AGORA
Notícias

Leia as principais notícias de Rondônia

Suspeito de matar caminhoneiro com pedrada era integrante de grupo radical da greve, diz delegado

Por Por G1 Vilhena e Cone Sul, 05/06/2018 06h53

Aos leitores, ler com atenção!
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 (Foto: Rede Globo-Renato Barros-Ricardo Araújo)
Foto: Rede Globo-Renato Barros-Ricardo Araújo

Suspeito de matar caminhoneiro com pedrada era integrante de grupo radical da greve, diz delegado
Grupo não concordou com a liberação da rodovia e passou a ameaçar motoristas. Outras cinco carretas foram atingidas por pedras.

Investigações da Polícia Civil revelaram que o autor http://www.ariquemesagora.com.br/noticia/2018/05/31/suspeito-de-matar-caminhoneiro-em-rodovia-de-rond-nia-e-preso.html da pedrada que matou José Batistela, de 70 anos, era integrante de um grupo radical do movimento grevista dos caminhoneiros em Rondônia. De acordo com o delegado regional, Fábio Campos, quando houve a liberação da rodovia, um grupo não concordou com a medida e passou a ameaçar motoristas que queriam retornar ao trabalho. O caminhoneiro foi um dos atingidos no ataque e morreu na hora, em Vilhena (RO).

Segundo as investigações, além do veículo de José Batistela, outras cinco carretas foram atingidas por pedras, em um curto espaço de tempo. Duas tiveram o vidro quebrado e três não chegaram a quebrar. Contudo, os caminhoneiros não registraram ocorrência, pois estavam com medo.

O crime foi cometido no final do movimento, quando os primeiros veículos saíram dos postos de gasolina e voltaram a transitar na rodovia. Segundo a Polícia Civil, a intenção do grupo era causar temor para que os caminhoneiros não voltassem para a BR-364.

“Durante a investigação, isso ficou muito claro. Eu não posso criminalizar o movimento, pois havia um movimento legítimo. Mas existia uma parte desse movimento que estava exaltado. Posso dizer que, a pessoa que praticou o crime, estava participando de uma parte radical desse movimento”, ressalta Campos, que não deu mais detalhes, para não atrapalhar a apuração.

Suspeito de matar caminhoneiro com pedrada era integrante de grupo radical da greve, diz delegado
Internas - Acima (Medium Rectangle) - Tamanho: 300x250
Rosa Bettero

Aniversário 2 anos da ONODERA ESTÉTICA em Ariquemes Rondônia