Ariquemes AGORA
Notícias

Leia as principais notícias de Rondônia

Vereador de Ji-Paraná, RO, está foragido suspeito de matar ex-marido da esposa

Por Por Pâmela Fernandes, G1 Ji-Paraná e Região Central, 13/02/2018 10h06

Aos leitores, ler com atenção!
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Verador de Ji-Paraná, RO, Clodoaldo Cardoso (PR) (Foto: TRE/Divulgação)
Verador de Ji-Paraná, RO, Clodoaldo Cardoso (PR) - Foto: TRE/Divulgação

  Crime foi no último sábado (11) e mandado de prisão contra Clodoaldo Cardoso (PR) foi expedido no mesmo dia. Segundo delegado, não há dúvidas que vereador é o autor crime.

O vereador Clodoaldo Cardoso (PR) de Ji-Paraná, na Região Central, é considerado foragido da Justiça por um homicídio que aconteceu no último sábado (10). Segundo o delegado Rildo Macial, o parlamentar é o autor dos disparos que tirou a vida do ex-marido da atual esposa. O crime aconteceu no Bairro São Francisco.

O delegado explica que o mandado de prisão preventiva do vereador foi expedido no mesmo dia. Segundo Rildo, não há dúvidas que Clodoaldo é o autor dos dois disparos que atingiram o tórax e a cabeça da vítima.

Ainda conforme o delegado, com base no depoimento da esposa do vereador, a motivação do crime foi passional. Mas para o delegado, a maneira como foram narrados os fatos pela esposa do suspeito não foi convincente.

Câmara Municipal

Câmara Municipal de Ji-Paraná só se pronunciará depois que o vereador se entregar (Foto: Marco Bernardi/G1))
Câmara Municipal de Ji-Paraná só se pronunciará depois que o vereador se entregar (Foto: Marco Bernardi/G1))

“A vítima recebeu dois tiros, um no tórax e outro na cabeça. A esposa aponta para a legítima defesa. Mas apenas com o laudo do médico legista que podemos saber qual era a posição da vítima quando ela foi alvejada”, explica o delegado.

O crime
De acordo com o boletim de ocorrência, a esposa do vereador relatou que ela e o marido estavam de carro na rua Tiradentes, entrando no Bairro São Francisco, quando foram surpreendidos pela vítima.

Segundo a mulher, a vítima estava em outro carro e avançou contra o carro que ela e o vereador estavam. O carro deles ficou bloqueado pelo veículo. A vítima saiu do carro e foi até o lado do motorista, onde estava vereador.

Ainda de acordo com o relato da esposa, o homem começou a bater no vidro e o vereador o abaixou. Em seguida, a vítima começou a enforcar o parlamentar.

Então, Clodoaldo pegou uma arma que estava embaixo do banco do carro e efetuou o primeiro disparo. Segundo o registro, o homem se afastou do veículo e caiu de costas.

Em seguida, o vereador atirou mais uma vez e acertou a cabeça da vítima. A mulher de Clodoaldo correu para a casa do irmão, que mora a poucos metros do local, e o suspeito fugiu.

A vítima chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Municipal Dr. Claudionor Horriz. Ele seria transferido ao município de Cacoal (RO), porém, não resistiu aos ferimentos e morreu ainda em Ji-Paraná.

O Clodoaldo foi eleito vereador em 2016 com 831 votos pelo Partido da República (PR). O G1 entrou em contato com a assessoria da Câmara de Vereadores, que informou que só irá se pronunciar quando for oficialmente. A equipe de reportagem da Rede Amazônica tentou entrar em contato com os advogados do suspeito, mas não teve resposta.

 

Rosa Bettero

Lançamento Volkswagen Novo Virtus 2018 na Cometa Center Car em Ariquemes