Ariquemes AGORA
Notícias

Leia as principais notícias de Rondônia

Tema da redação surpreende e agrada estudantes do Enem em RO

Por Por G1 RO, 06/11/2017 08h24
Primeira prova do Enem foi aplicada neste domingo (5) em 24 cidades de Rondônia. Ao todo, 80 mil pessoas se inscrevera (Foto: Prova de redação em 2017)
Primeira prova do Enem foi aplicada neste domingo (5) em 24 cidades de Rondônia. Ao todo, 80 mil pessoas se inscrevera - Foto: Prova de redação em 2017

O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) surpreendeu muitos dos candidatos em Rondônia, neste domingo (5). Eles tiveram de fazer um texto dissertativo sobre os "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil".
Adriano Santana, de 27 anos, foi um dos primeiros a deixar a sala da escola em que fazia prova em Cacoal (RO). "Esperava que seria alguma coisa ligado aos direitos humanos. Confesso que tive bastante dificuldade para desenvolver o texto", aponta.
Evelyn Barbosa, de Porto Velho, fez a prova do Enem pela terceira vez. "Eu vim preparada para Olimpíadas, política e até Copa. Eu não imaginava que cairia algo sobre educação de surdos na redação. A minha sorte é que eu estudo libras na faculdade e isso já ajudou bastante", disse a jovem de 22 anos.
Lucas Rosendo, mestrando em biologia experimental, presta Enem para fazer medicina. "A prova está mais simples. Me surpreendi com o tema da redação, mas estou confiante para o próximo domingo. Vou aproveitar a semana para sanar algumas dúvidas", declara.

Facilidade
Eliel Oliveira Pereira, de 22 anos, também fez a prova em Cacoal. De acordo com ele, a redação foi a parte que teve menos dificuldades.
"Para muitos, esse tema assustou bastante, mas para mim foi tranquilo, pois sempre acompanho as questões ligadas à inclusão. Penso que os organizadores do exame acertaram ao colocar o tema em discussão", diz o jovem que tenta uma vaga para direito.

Caroline Vitória, de 16 anos, mora em Vilhena e achou a prova fácil, até mesmo a redação. "Estudei, nos últimos cinco dias, somente possíveis temas de dissertação. Então, estava preparada", declarou.

Josiane Lupienes Kapis, de 17 anos, saiu do sítio para fazer a prova e gostou (Foto: Pâmela Fernandes/G1)
Josiane Lupienes Kapis, de 17 anos, saiu do sítio para fazer a prova e gostou (Foto: Pâmela Fernandes/G1)

Josiane Lupienes Kapis, 17, saiu do sítio para fazer a prova na zona urbana de Ji-Paraná (RO) e gostou muito do tema da redação. Ela sonha em fazer medicina veterinária, mas, caso não consiga pontuação suficiente, vai tentar educação física.
"Eu adorei o tema. Consegui fazer bem a redação", afirma
Pedro Solano Monteiro, de 19 anos, mora em Ji-Paraná, mas fez a prova em Cacoal. "Quando fiz a inscrição morava em Cacoal, com isso, tive que voltar a cidade só para fazer o Enem", explica acrescentando que achou o tema da redação interessante.
*Colaboraram: Pâmela Fernandes, Lívia Costa, Hosana Morais, Aline Lopes e Rogério Aderbal.
 

Rosa Bettero

ONODERA ESTÉTICA completa 01 ano em Ariquemes Rondônia