Ariquemes AGORA
Notícias

Leia as principais notícias de Rondônia

Homens invadem joalheria, fazem reféns e são presos

Por Do G1 Ariquemes e Vale do Jamari, 09/01/2017 13h12

Aos leitores, ler com atenção!
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Reféns foram libertados 1h20 após a invasão a joalheria (Foto: Jaru Online/Reprodução) (Foto: Reprodução)
Reféns foram libertados 1h20 após a invasão a joalheria (Foto: Jaru Online/Reprodução) - Foto: Reprodução

Homens invadem joalheria, fazem reféns e são presos em Jaru, RO
Três suspeitos foram presos e duas armas apreendidas.
Segundo a PM, 5 pessoas foram rendidas e liberadas 1h20 após a invasão.

Três assaltantes foram presos após manterem reféns em uma joalheria na Avenida Padre Adolpho Rohl, no centro de Jaru (RO), no sábado (7). Segundo a Polícia Militar (PM), os reféns foram libertados 1h20 após a invasão a joalheria. Com os suspeitos, foram apreendidas duas armas, sendo uma pistola e um revólver calibre 38.
Ainda conforme a PM, três homens armados invadiram a joalheria e renderam a proprietária, os filhos, clientes e um funcionário. A polícia foi acionada pelo funcionário que estava na sala de monitoramento eletrônico do estabelecimento, e viu a ação dos suspeitos pelas câmeras de segurança.
Uma guarnição da PM foi para o local, porém, quando os militares chegaram, os suspeitos fizeram reféns. Após 1h20 de negociação, os reféns foram libertados e os três assaltantes presos.
A avenida foi isolada durante a negociação da polícia com os assaltantes. A imprensa foi chamada para acompanhar a rendição dos suspeitos. Com eles, foram apreendidas as armas, uma motocicleta, produtos da joalheria e dinheiro.
Ainda segundo informações do boletim de ocorrência da PM, pessoas que estavam na rua hostilizaram os suspeitos na saída do carro da polícia para a delegacia. Os três homens possuem passagens pela Justiça por roubo. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Jaru, onde será investigado.

Rosa Bettero

Chá de Bebê de Mislei Queiroz com Maria Laura